[Resenha] Belo Desastre, de Jamie Mcguire

 Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura. E é então que eles se envolvem em uma relação intensa e conturbada, que pode acabar levando-os à loucura.

Título original: Beautiful Disaster
Editora: Verus
Ano: 2012
Categoria: Novo Adulto / Romance
Nota (Skoob e Orelha de livro): 4/5



Oiiiii,
O livrinho que trago hoje já é bem conhecido de muitos. Belo Desastre foi um dos sucessos de 2012, e também um dos primeiros e principais romances do novo gênero do momento, o New Adult (Novo Adulto). Esse é um livrinho que já li faz uns meses, mas com a chegada da continuação nas livrarias, senti que já passou da hora de resenhar, rs. 


Belo Desastre
Um romance intenso, apaixonante e conturbado

Belo Desastre é o exemplo clássico da verdade embutida na frase 'Os opostos se atraem', porque poucos casais tem tão pouco em comum quanto Travis e Abby. Os dois se conhecem na universidade, quando a melhor amiga dela, America, começa a namorar com Shepley, o primo e colega de quarto de Travis. E, embora fosse obvio que uma hora ou outra esses dois acabariam por se cruzar, eles se conhecem no porão de um dos prédios do campus, onde aconteciam torneios de lutas amadoras e ilegais, das quais Travis era melhor lutador.

Abby é uma menina bem comportada, boa aluna, estudiosa, quietinha, que usa cardigãs, e que vive na sua. Que anjo! Bom, na verdade, o que acontece é que ela tenta a todo custo permanecer invisível, e não chamar atenção de ninguém, tudo por um segredo e alguns fatos do seu passado, dos quais fugiu e pertente se manter o mais longe possível. Já Travis Maddox é o típico babboy: gostoso, sarado, cheio de tatuagens, o maior pegador do campus e vive do dinheiro que ganha na lutas ilegais. Os outros caras da universidade tanto o respeitam quanto temem, e as meninas se jogam aos seus pés, mesmo que ele seja pra lá de escroto com elas, na maioria das vezes.

Então, pode um casal mais improvável? O fato é que, ao conhecer Abby Travis cai de quatro, principalmente pelo desafio, já que ela deixa claro que não quer nada com ele, a não ser amizade, e a amizade dos dois foi a mais improvável e cheia de segundas intenções (dos dois lados, rs) que eu já vi na vida! E vamos conhecendo-os melhor e vendo a relação nascer e aprofundar, depois que Abby perde uma aposta e se vê obrigada a morar na casa dele por um mês. E detalhe, como não tinha outra cama disponível, ela “teve” que dormir na dele (com ele), afinal ninguém poderia dormir no sofá, né? Se bem que eu também não dormiria no sofá da casa dele, considerando as atividades que costumavam rolar lá, e com excesso, :).

Eu gostei muito do livro, mas por causa do Travis, por quem me apaixonei, apesar de todos os seu problemas comportamentais e tendências agressivas (sério, o moço precisa de um tratamento psicológico urgente!). 'Pavio curto' é pouco para descrever o temperamento explosivo do rapaz. Mas que fique bem registrado aqui que nunca, em hipótese alguma, houve sequer uma insinuação desse comportamento agressivo contra Abby! Digo isso porque já li alguns comentários sobre o livro que davam a entender que ele era agressivo com ela. Muito pelo contrário, quando se tratava da Abby, ele é quem sofria, porque virou um cachorrinho de colo nas mãos dela, rs.

 Já a Abby entrou para meu hall de mocinhas chatas. Comecei gostando muito dela, e adorei o tal segredo do seu passado, porque foi uma coisa original, e bem diferente do que eu esperava. Mas a indecisão dela me torrou a paciência, principalmente quando ela começou a se envolver com um playboyzinho metido, chamado Parker, enquanto dava a maior bola para o Travis (inclusive morava e dormia na cama dele, com ele!). Em mais de um momento, quis esganar a personagem!

O relacionamento entre Travis e Abby é intenso e obsessivo, e embora não tenha sido exatamente saudável, eles formaram um bom casal. E a autora construiu uma boa história, e inteiramente focada no casal, uma vez que não deu praticamente nenhum destaque para os personagens secundários.

A narração é em primeira pessoa, do ponto de vista da Abby, e o texto é claro, sem erros gramaticais, fazendo a leitura fluir sem problemas. A capa é linda, e adorei ver que a Editora Verus manteve a original, com uma frágil borboleta presa numa garrafa, representando a beleza e o desastre iminente que aquela prisão poderia representar. E o título tem tudo a ver, porque os dois têm tudo para ser um desastre um para o outro, mas mesmo assim construíram uma relação linda.

Recomendo muiiiito o livro, e já aguardo ansiosamente Desastre Iminente, que é a releitura desse primeiro livro, narrado pelo Travis, e será lançado neste mês, no Brasil. A autora já anunciou também novos livros para a série, a serem protagonizados pelos irmãos do Travis.

Belo Desastre teve os direitos de adaptação adquiridos pela Warner Bros, e eu (e mais uma galera de gente) torço para que o escolhido para interpretar Travis Madoxx, seja Chaming Tatun, mesmo ele sendo velho para o papel, pois para mim não pode ser outro. #AiaiaiPassoMal#

Channing Tatun Hummmm (fonte)


Bom, é isso, e espero que tenham gostado.
E vocês já leram o livro? O que acharam?
Não deixem de comentar

Beijos






27 comentários

  1. Tenho bastante curiosidade em relação a esse livro
    Ainda mais port ter uma base mais quente

    Já estou seguindo ;)
    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu acharia super legal se o Channing fosse escolhido para o papel, mas eu preferia que fosse o Mario Casas, amo ele e é um Travis Maddox perfeito! Dei 5 estrelas para esse livro, pois é merecido e é um dos meus preferidos!
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. @Angela, Leia o livros sim, é muito bom. Mas não é tão quente assim, rs
      @Ana, o livro é ótimo sim, mas eu amoooo o Channing, e queri mauito ele, mesmo sendo velho pro papel, rs
      bjus

      Excluir
  3. AMO Belo Desastre. Ele foi o primeiro New Adult que eu li e bastou para eu me apaixonar pelo gênero e pela história. Eu achei o Travis um pouco agressivo, mas não ao ponto de necessitar de tratamento e realmente, quando a Abby começa aquela frescurada toda com o Parker dá vontade de matar ela, porque o Travis é perfeito! Em relação ao segredo, eu me decepcionei porque esperava algo bombástico e no fim foi aquilo. Fiquei super de cara e não consegui acreditar que era realmente isso. Não curto o Channing para fazer o Trav pois acho ele muito velho, preferiria que fosse o Colton Haynes.

    http://compulsivebookaholic.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu li o livro na época do lançamento aqui no Brasil, gostei bastante e vou ler o livro do Travis, mas o que tenho mais curiosidade e dos livros sobre os irmãos dele.

    Pah - Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. @Matheus o livro é muito bom mesmo, e também foi o meu primeiro NA, @Pah, eu li na época do lançamento americano, mas o do Travis vou ler o nacional, rs
      bjus

      Excluir
  5. Eu ainda não li este livro, mas tenho curiosidade. Nunca li nada do gênero, mas estou com Easy aqui para ler. E se eu gostar, faço a leitura desse. Ótima resenha.


    Lucas - Carpe Liber
    livrosecontos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oie, prazer primeira vez aqui e seguindo ^^
    Menina, só leio resenhas ótimas em relação ao livro, será que vou gostar tanto quanto vocês?
    Espero que sim, sou meio do contra, rsrs, quero ler e tirar minhas conclusões.
    Que legal que vai ter adaptação na telinha e, oowww o ator que citou e mais, mostrou foto é mais que lindo e perfeito para o papel!
    Beliscões carinhosos da Máh-
    Cantinho da Máh
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. @Lucas e @Maria, leiam sim, é bom. Eu também tenho Easy, mas não li ainda, rs
      bjus

      Excluir
  7. Já tinha ouvido falar do livro, mas não sabia ao certo sobre o que era o livro. Adorei a sua resenha! Com certeza vou adiciona-lo à minha lista. Parece ser um livro muito bom do tipo que corrói seus ossos. Ok ok, talvez não. Quero saber como é esse amor (agressivo) entre o Abby e Travis.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Parece ser um livro que divide opiniões... pelo menos é o que percebo através das resenhas postadas aqui na blogosfera. No momento não estou na vibe do gênero, e não o leria por se tratar de uma série (tô correndo delas, hahaha). Mas quem sabe um dia?

    Adorei a resenha! Não sabia que a trama seria adaptada para o cinema. Irei assistir, com certeza.

    Um abraço!
    http://universoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. @Sara,obrigada, e o livro é bem legal, rs. O Travis é bem loucão, mas conquista,
      @Francielle, ele realmente divide opiniões. Conheço pessoas que odeiam, rs. E acho vai ter film sim,

      Excluir
  9. ai que lindo livro, adorei a resenha, vou ver se acho na biblioteca...

    Bejos,
    Delicada e Abusada - Blog
    Facebook! Venha curtir!
    estou procurando afiliados, caso queira se afiliar com meu blog deixe seu comentário lá!

    ResponderExcluir
  10. Menina o livro parece ótimo pra mim, e acredita que estou com ele na minha estante e ainda não li?? OMG, preciso fazer isso logo. Haaa, lembrei um pouco do livro/fiilme 'Um Amor para Recordar', mas em relação aos personagens, o cara era popular coisa e tals e a menina na dela guardando um segredo. Mas nesse exemplo que citei a história toma um caminho mais triste em relação ao segredo da mocinha né ;)

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. @Debora, obrigada
      @Thais, ele só parece com Um amor para recordar nessa parte, rs, depois nada a ver, rs,
      bjus

      Excluir
  11. Só vejo resenha positivas do livro, estou louca para ler e fiquei feliz pelo livro virar filme.
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Eu ainda não li o livro, apesar de ter ouvido falar super bem dele.
    Gostei da sua resenha, ficou bastante sucinta.
    Bjokas

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. @Catharina, tbm adorei a notícia,
      @Kelly, obrigada
      bjus meninas

      Excluir
  13. Olá Bru..
    Se eu te falar você não acredita: eu não sabia que "Belo Desastre" era do gênero new adult.
    Quero AINDA MAIS ler este livro!

    ❤ Beijos, Lu
    http://luizando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luiza, é sim! Foi o primeiro NA que eu li, rs

      Excluir
  14. Oi Bru,
    tudo bem?
    Eu iniciei o meu blog com a resenha desse livro. E como foi difícil fazer a resenha, pois ele é muito intenso. Sinto falta dele até agora!!!
    Gostei muito da sua resenha e concordo com você, fiquei com muita raiva de vê-la com esse tal de "Parker" (risos...)
    beijos.
    Cila- Leitora Voraz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Cila, realmente esse não é um livro fácil de resenhar, e a indecisão/priguetagem da Abby me irritou,r s
      bjus

      Excluir
  15. Oi Bruna,
    Ai..ai...O Travis...Virou um dos meus xodozinhos. Ele é muito desesperado e durante a leitura eu fiquei tão intensa que eu não sabia se ficava com dó dele ou irritada com as atitudes dele e de Abby também. Ela também provocou muita raiva. Eu não vejo a hora de ler a versão dele. Eu adorei sua resenha e esse ator que vc colocou como Travis, ele é muito fofo! Ah, Bruna vc já assistiu o filme Paixão sem limites? O personagem lembra muito o Travis...Ele é Bad boy do mesmo jeitinho do Travis. Eu assisti e muitos momentos no filme eu lembrava do Travis. Assista e depois vc me conta o que achou.
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Kênia, o Travis também é meu xodozinho, mesmo loucão como é, rs. Eu não vi esse filme ainda não, mas vou procurar,
      bjus

      Excluir
  16. Eu ainda não li este livro, mas só vejo opiniões positivas em relação a ele que faz com que eu fique com curiosidade de lê-lo.
    Fiquei surpresa sobre o livro os direitos do livro já terem sido comprados pela Warner Bros hm Espero que realizem um filme a altura dele.

    http://maisquelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também espero que o filme seja bom, mas não vai ser do tipo com muita ação,
      bjus

      Excluir
  17. Olá, gostei muito da sua resenha, já tinha uma imensa curiosidade sobre esse livro, e como você sugeriu o Adam como ator pra uma possível longa metragem ameiiiii

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, e volte sempre!
Comente, opine! Cometários são sempre bem vindos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...