[Resenha] Cores de Outono - Keila Gon


O inesperado, o impossível, o destino... Quem ama escolhe seus caminhos, vence o medo, ultrapassa a razão, duela com a dúvida entre o certo e o fácil para seguir seu coração. Melissa encontrou em um olhar as revelações de toda uma vida e longe da lógica escolheu o caminho confuso, mas surpreendente do amor. Ela chegou à pequena cidade da montanha com a responsabilidade de cuidar de Alice, sua irmã caçula, esperando uma vida simples. Mas se viu envolvida por Vincent, um estranho arrogante, dono de irresistíveis olhos turquesa que vai levá-la através da sombra e da luz para revelar surpresas inimagináveis de um Mundo Mágico perigoso e fascinante. A cada encontro este homem misterioso amedronta e encanta; desperta sentimentos e a faz duvidar de sua coragem. Mas, antes que Melissa seja arrebatada por esse amor, ela precisa enfrentar elfos, magos e intrigas em um mundo inóspito que testará seu coração. Cores, de outono é o primeiro volume de uma saga mágica que vai instigar emoções e paixões.

Série: Saga Cores#1
Editora: Novo Século
Ano: 2012
Categoria: Juvenil, fantasia, romance
Nota: 4/5

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje tem resenha de um delicioso livro nacional. Cores de Outono, de Keila Gon, é o primeiro de uma série juvenil sobrenatural, que tive o prazer de ler por meio de um Book Tour, organizado pela Ana Paula, do blog Livros de Elite. Assim, antes de começar a resenha, quero agradecer a Ana Paula e a Keila pela oportunidade de participar e me encantar.

Bom, vamos lá?


Melissa Wels é uma jovem de 21 anos que acabou de perder a mãe e o padrasto em um acidente de carro. Ainda desnorteada e perdida, ela decide se mudar com para a casa do avó, George, na cidade de Campo Alto, com sua irmãzinha, de 5 anos, Alice. George vive aos pés da misteriosa montanha da cidade, um local cercado de misticismo, e boatos envolvendo a família Von Berg, residente do topo da montanha, é o que não faltam.

Logo que chega na cidade, ela reencontra seu amigo/inimigo de infância, Arthur Casella, que vive na casa ao lado com seus pais. A família Casella é muito próximo de George, o que acaba por aproxima-los de Melissa, e não demora muito para Arthur demonstrar interesse por ela.

Porém o fascínio de Melissa acaba destinado a Vincent, por mais surpreendente que isso possa ser, uma vez que Vincent é simplesmente o cara mais grosseiro e intimidador da cidade. Ele vive com os Von Berg, e é conhecido na cidade por ser um tremendo mal-humorado. Assim como sua família, é envolto em boatos e mistério, que fazem com que sejam temidos e mantidos a certa distância, pelos moradores da cidade.

Mal imagina Melissa que o mistério envolvendo Vincent é mais perigoso e fascinante do que ela poderia esperar. E sua aproximação a homem a leva a fazer algumas descobertas desconcertantes e impressionantes sobre ele, sua família, e o mais assustador de tudo: sobre a pequena Alice.

A partir do momento em que Melissa e Vincent começam a se aproximar, vamos conhecendo o personagem de verdade, e vendo que por trás da fachada de arrogância e superioridade, existe um homem sofrido, em conflito, mas gentil e generoso.

Vincent realmente conquistou meu coração, mesmo quando era um grosseirão. E é óbvia a inspiração da autora no meu amado e idolatrado Ian Somerhalder, na hora de compor o personagem. Não tem outra definição: Ian é a descrição física exata e perfeita de Vincent! Aiii, como não amar?

Melissa é muito dedicada a irmã, quer garantir que Alice tenha uma infância saudável e sem traumas, e se mostrou uma mocinha forte, quando a situação envolvia a segurança de sua irmã. Mas algumas atitudes dela, não relacionadas a irmã, me não me agradaram um pouco. E não há o que falar da pequena Alice, a não ser que é absolutamente encantadora!

E há a perspectiva de um triângulo. Porém, apesar de Arthur ser apresentado como um personagem legal, e inclusive existir um vasto Team Arthur, eu não gostei dele. E para falar a verdade, me irritou bastante em vários momentos, por se intrometer demais onde não devia.

Cores de outono é um livro mágico e encantador, uma fantasia cheia de seres mágicos como magos, elfos e mundos paralelos de magia. Adoro fantasias, e autora soube prender minha atenção. Porém senti uma forte semelhança com Crepúsculo em alguns momentos, e creio que foi justamente por essa associação que não gostei do Arthur, e acabei já desconfiando do que decorreria de alguns acontecimentos.

A diagramação é simples, mas muito bem feita. As páginas são amareladas e a fonte de tamanho confortável para leitura, e a capa é linda. E tenho que fazer um sério desabafo: Keila, se eu engordar, a culpa é sua! Comi chocolate pra caramba esses dias, por causa do livro :). Além do livro mencionar bastante esse ser que representa meu maior vício alimentício, ainda tem uma receita de brigadeiro de colher no final do livro!

Recomendo muito a leitura para os fãs de fantasia e romance.


.

17 comentários

  1. HAAA!!!!! Bruna!!!! Finalmente alguém que concorda comigo! UHU!!!! Fala a verdade, o Arthur é um sem noção neh? Mato ele se o encontro! kkkkk Mas aguarde, a vingança vem logo! kkkkkkk

    Adorei a resenha, sério! Muito obrigada pelo carinho com o BT e com o livro! Obrigada por ser sincera tbm em sua opinião!
    Até Sombras neh? rsrsrsrsr Bjo^^

    PS:Vc escreveu Cores da Primavera, mas é Cores do Outono, o segundo livro que é Sombras da Primavera!

    www.livrosdeelite.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Já tinha visto a capa do livro, a sinopse me fez lembrar de um outro livro '' A garota que perseguiu a lua'' que basicamente é a mesma linha de pensamento do Livro ''cores de outono'', Sabe, eu gosto de uma leitura assim, que se passa em um mundo diferente do nosso, onde a nossa imaginação possa ter a liberdade, vou colocar na minha lista.
    http://sonhoseaventurasdeamor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Esse livro é simplesmente maravilhoso, Bruna. Com certeza é um de meus nacionais favoritos. A Melissa é um personagem super bem estruturada, gostei muito dela. E o Vincent, meu Deus, que homem é esse, fiquei simplesmente apaixonada por ele. Agora o que me resta é ler a continuação Sombras de Primavera, estou muito ansiosa e espero gostar. Ótima resenha e dica!
    Beijo,
    http://pactoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. AHHHHHHHHHH Adorei sua resenha Bruna! Obrigada e fico muito feliz pela magia de Cores ter conquistado seu coração! Mas Então... choque-se... kkkkk escrevi o livro entre 2010 e 2011... n a época não conhecia o Ian, Mas é verdade que me inspirei muito no Damon dos livros, adoro Diários e claro, sou fã de TVD agora.... e quando vi o Damon ( Ian) na tela, UAU... sim, identificação total com o look Vincent ahahahhahah Mas originalmente, quem inspirou seu porte (tamanho, proporção, voz) foi o Mathew de O&Preconceito (filme de 2005), claro, a Fera, do desenho A Bela e a Fera (1992), foi a base de tudo. Principalmente com a coisa dos olhos... a voz grave... aiai... quem nunca viu o desenho em inglês deveria tentar.... aiaiai... e se eu falar as outras inspirações do "moreno de olhos turquesa" vocês vão rir, entaão é melhor parar kkkkk mas digo... é um cantor antigo e mais um personagem de desenho...Uhhhhhh kkkkk
    Bom, voltando, adorei a forma como vc descreve o Vincent e digo, vc acertou em cheio!!! Amei amei mesmo.
    OBRIGADA LINDA!
    Beijos
    Keila Gon

    ResponderExcluir
  5. Oii Bruna!
    Essa capa é mesmo incríiiivel, né? Gostei muito!
    Confesso que fiquei curiosa para ler o livro. Estou com vontade de ler alguma história que nos deixa super envolvidos e essa me parece uma ótima escolha!
    Adorei a resenha!!

    Beijo,
    http://www.pitadadecultura.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Bruna.

    Não conhecia o livro e nem a autora, mas adorei a sua resenha. Nacionais. <3
    Não curto muito livros com triângulos amorosos, espero que não seja muito forte nesse livro. Agora Vincent ser a cara do Ian, já sei que irei gostar dele de cara.
    Acaba que quando lemos livros de temáticas parecidas acabamos ligando ele a outro, agora quero saber porque durante a leitura se lembrou de Crepúsculo.
    Nossa, adorei a autora colocar a receita de brigadeiro no final do livro. E se controle e coma menos chocolate.

    Visite: http://paradisebooksbr.blogspot.com.br/

    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. O livro parece ser bem fantasia mesmo, e gostei do fato de ela conhecer um mundo mágico, e com criaturinhas diferentes lá, parece que eu gostei também do Vincent. A história parece ser rápida de ler e divertida, ainda mais para uma ressaca literária.. :c
    Como gosto de romances, e tanto como de fantasia, eu gostei, a capa é bem simples e meiga.
    Beijos Bruna, ThaynáQ.

    ResponderExcluir
  8. Oi Bruna,
    P R E C I S O desse livro, como assim o Vicent é a belezura do Ian? Já estava amando a resenha até chegar nesse ponto, depois do Ian a vontade de ler o livro foi só aumentando rsrs e pra melhorar tem receita de brigadeiro, definitivamente esse livro é a minha cara rsrsrs.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  9. Oi Bruna. Adorei a resenha e por ela também pude sentir uma forte referencia ao Crepúsculo. Adorei a capa e quando você escreveu que há seres mágicos já me ganhou. Outro livrinho para a minha lista de indicações, vou falir esse ano! kkkkk :P Bjoks da Gica.

    umaleitoraaquariana.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Bru,
    Ahh como eu quero ler esse livro, nem sei a quanto tempo ele já está na minha listinha..
    Adorei saber sua opinião, adoro fantasia também... Se bem que li um livro que tinha uma comparação com Crepúsculo e já não curti muito isso..rs

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oiee

    Ganhei esse livro em uma promoção a muito tempo atrás e até hoje nao li, ja vi a Keila várias vezes e toda vez fico devendo uma resenha do livro dela rsrs

    Beijos
    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?

    Ainda não li este livro, mas gostei muito da resenha. Adoro o poder que uma resenha tem de nos deixar super curiosas rsrsrs.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Epa, falou que tem muita semelhança com Crepúsculo da um certo medinho :P o livro parece ser bem legal, fiquei bem curiosa quanto a família Von Berg.

    ResponderExcluir
  14. Jamais poderia imaginar que teria semelhança com Crepúsculo, confesso que isso foi uma grande surpresa para mim. Até porque, a capa e o nome do livro são bem diferentes.

    ResponderExcluir
  15. Nossa semelhança com Crepúsculo já quero ler rsrsrsrs
    E para ontem que vou começar a leitura desse livro
    *-*

    ResponderExcluir
  16. O livro parece ser muito bom e a capa é realmente linda ! sempre tem aquela protagonista q se apaixona por um grosseiro kkkk , mais sua resenha me encantou , é a primeira resenha q vejo sobre esse livro , adoro livros de fantasias e romances e isso foi oque mais me fez interessar no livro !

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, e volte sempre!
Comente, opine! Cometários são sempre bem vindos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...