[Resenha] O Safado do 105 - Mila Wander


A analista de sistemas Raissa Magalhães finalmente compra um imóvel e realiza o sonho de morar sozinha. Assim que ela se muda para a casa de número 104, descobre que seu novo vizinho, que ela apelida de Calvin, é um chef de cozinha alto, bonito, jovem e sarado. Com o tempo, ela descobre que dormir em seu novo quarto será uma missão impossível. Da casa 105, geminada com a sua, chegam, noite após noite, gemidos e gritos de prazer das mulheres que visitam seu vizinho. A vocação do rapaz para a safadeza não só impedirá Raissa de dormir profundamente, mas irá incitá-la e excitá-la de tal maneira que ela, também, começará a frequentar o 105. O desejo de Raissa se transformará em paixão. Só que a analista de sistemas sabe muito bem que se apaixonar por um homem com tamanho currículo sexual pode não ser a coisa mais sensata. Conseguirá Raissa mudar o jeito irresponsável e descompromissado de seu vizinho, fazendo-o se apaixonar por ela? Ou será que almejar um futuro amoroso ao lado de um safado convicto é pura ilusão?

Editora/Ano: Selo Essência/2015
Categoria: romance erótico, comédia romântica
Nota: 4/5

* Resenha publicada originalmente no blog Livros y Viagens


Olá pessoal, tudo bem?

Hoje vamos falar um pouquinho sobre o romance erótico nacional O safado do 105. E vamos com calma pessoal, antes de torcerem o nariz para a capa ou título, por achar que o livro é um pornozão, saibam que se trata sim de um erótico, mas com história, e uma história ótima, por sinal.

Vamos lá?

Raissa é uma analista de sistema de 28 anos, que acabou de sair de casa em busca da tão sonhada liberdade. Ela é a mais velha de 3 irmãos, sempre fazia muitas coisas para a família, e desejava um pouco de individualidade. Assim, Raissa se muda para uma pequena casa geminada, que na verdade era uma casa única, que foi dividida em duas. Ela vive no 104, e logo descobre que tem um vizinho lindo e gatoso vivendo no 105. O primeiro encontro com o vizinho foi pra lá de inusitado, já que o homem estava usando apenas uma cueca Calvin Klein, e nada mais. E é por causa da peça íntima que Raissa o apelida de Calvin, já que ele não disse seu nome, e o pouco que ela sabe é que ele é cozinheiro.

A vida calma e tranquila que Raissa tanto planejou cai por terra devido aos hábitos noturnos de seu vizinho. As paredes construídas para separar as casas são muito finas (acho que de gesso :o), e é possível escutar tudo de um quarto para o outro. E vamos apenas dizer que Calvin é beeeem ativo durante as noites, e sempre estava com mulheres diferentes. Resultado: barulhos e mais barulhos dos encontros sexuais do rapaz. Não foi atoa que o outro apelido que Raissa deu ao vizinho gato foi O safado do 105.

A atração entre Raissa e Calvin foi imediata e intensa. Ele é mesmo um safado, bem galinha, e não teve pudores de cair matando em cima da nova vizinha, e eles acabam dormindo juntos. Porém, em vez de iniciarem um relacionamento sexual, como eu imaginei, Raissa tenta impor distancia e forçar uma amizade, em um plano de conquistar o vizinho e o conseguir um relacionamento de exclusividade. E aí a história começa para valer.

“Depois de um segundo, lembrei que o cara era um cafajeste, cretino, maníaco sexual. Um... safado fofo, protetor, sensível, que sabe cozinhar, entende de jardinagem, monta móveis (…)”
Pág. 59

A autora conseguiu criar uma história com personagens reais e verossímeis. Devo admitir que fiquei um pouco assustada, porque nunca na minha vida eu me identifiquei tanto com uma personagem quanto com a Raissa. Temos muitos características em comum, como o fato de sermos irmãs mais velhas que assumiram responsabilidades demais em casa, e que ao mesmo tempo que almejam independência, também são extremamente ligadas a família. Somos mandonas, determinadas, ansiosas, estressadas, e adoramos uma gordice (sim, ela usa a palavra gordice, como eu). A principal diferença entre nós duas é a paciência de Jó que Raissa teve com Calvin, na busca pela sua confiança, porque eu tenho paciência 0.

Calvin foi um personagem que me cativou. Geralmente, quando lemos um erótico com protagonista galinha, ele é forte e determinado, sabe o que quer e pronto. Calvin não é assim, ele é um menino que não cresceu, que passa o rodo geral porque não sabe agir de outra forma. Ele é sensível e inteligente, embora não deixe isso aparecer para os outros, e o mais importante, Calvin é um homem extremamente carente, inseguro e com autoestima no chão! O cara sabe que é gostoso, e pega geral por isso, mas ao mesmo tempo, não consegue enxergar outras qualidades em si mesmo, além do físico. Adorei essa construção da autora, porque tornou o personagem mais real, e com uma possibilidade enorme de crescimento.

A autora soube desenvolver bem o relacionamento dos personagens, que é rachedo de tensão sexual, amizade, humor e companheirismo. A evolução dessa relação é bem convincente, e não temos aqui aquelas pessoas que mudam do dia para a noite. Muito pelo contrário. Raissa e Calvin têm suas doses qualidades e defeitos, erros e acertos, e cresceram e amadureceram em um processo lento e contínuo, ao longo de todo o livro. E claro que tenho que mencionar Clarice Lispector. Sim, a grande autora brasileira. Porque suas frases, pensamentos e textos são tão presentes o tempo todo, e marcam cada fase do relacionamento dos protagonistas, que ela é praticamente um personagem central na trama.

Os personagens secundários são ótimos, em especial a família de Raissa. Eles não tiveram um destaque individual, apenas interagindo com os protagonistas, mas foram importantes para mostrar relações familiares de amor, amizade e também para deixar claro que algumas pessoas nem sempre são o que esperamos ou acreditamos.

Esse é um livro hot, super hot, com cenas sensuais descritivas e quase explícitas. Como eu já disse, Cavin é um safado, rs, então ele adota uma linguagem bem direta e indecente. Por isso, estejam avisados, porque esse livro definitivamente não é para menores. Porém, para quem não curte eróticos por achar a história fraca, saibam que esse livro tem sim uma excelente história, não é sexo por sexo, e vale muito ser lido!

O safado do 105 é um livro envolvente e delicioso de ler. Devorei suas 500 páginas em 3 dias. A narração é em primeira pessoa, quase que integramente feita pela Raissa, embora tenha alguns poucos capítulos de Calvin. A narrativa é divertida, seguindo bem o estilo da escrita dos chick lits, e há muitas cenas hilárias. A comédia prevalece na trama, mas também há romance e uma pitada de drama.

Sobre a diagramação, as páginas são amareladas, e embora tenha achado as letras um pouco pequena, não chegou a me incomodar. A capa é muito coerente com a trama, e esse modelo é gato, assim como imagino que Calvin seja.

Esse foi um livro muito gostoso de ler, por isso, agradeço muito a Aline pela cortesia. Agradeço também a autora, por fazer um livro único, e não ter divido a história uma duologia ou trilogia, já que poderia ter feito isso.

Abraços

.

22 comentários

  1. Pela premissa o Safado do 105 de nada me atrai, pois sendo um livro erótico já não me interessa, pelas péssimas experiências que tive com o gênero, mas me surpreendi com a sua resenha.
    Não esperava que a autora criasse uma história como essa, muito menos ver personagens tão reais, ainda mais Calvin, que eu poderia pensar tudo, menos que teria uma baixa autoestima. Isso é um tanto inovador, pois normalmente os homens desses livros nunca passam por coisas do tipo.
    Diante dos aspectos que mencionou do livro, me vi curiosamente tentada a dar uma chance, mesmo não sendo fã do gênero erótico.
    Sua resenha está ótima.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Oi, Bruna
    Verdade seja dita, realmente não se pode torcer o nariz por causa do título do livro. Eu imaginei o mesmo quando vi, mas me surpreendi assim como você pois não é só sexo por sexo, mas tem toda a história e essa pitada de drama. Eu também me diverti muito lendo esse livro, e fui conquistada pelo Calvin, porque no fundo sabemos porque ele era assim. Simplesmente amei esse livro. Bela resenha!

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii
      Confesso que achei a capa pouco atraente por isso nunca tive a curiosidade de dar uma olhadinha na história mas depois dessa resenha acabei de me interessar pois parece ser um livro que prende o leitor.
      Beijoss

      Excluir
  4. Eu conheci o livro no wattpad,mas não conseguir ler.
    Pela resenha parece que é a Raíssa que vai tentar conquistar Calvin e não ao contrario como acontece em alguns livros e acho que vai render muitas gargalhadas.

    ResponderExcluir
  5. Olá, Bruna.
    Confesso que o livro não me chama nem um pouco a atenção. Não curto muito o gênero hot e sempre me irrito porque, geralmente, os enredos desse gênero acabam caindo no clichê. Além disso, a premissa que há por trás do envolvimento sexual não desperta meu interesse.
    Porém, a autora ganha um ponto por não ter dividido a obra em 300 livros.
    Boa resenha.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de novembro. Você pode ganhar um livro incrível!

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Esse e a primeira resenha que leio do livro e gostei bastante da construção dos personagens e o calvin me supreendeu achei que não fosse gostar muito do personagem mas adorei como você descreveu ele !!

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Esse e a primeira resenha que leio do livro e gostei bastante da construção dos personagens e o calvin me supreendeu achei que não fosse gostar muito do personagem mas adorei como você descreveu ele !!

    ResponderExcluir
  8. Oiee!!
    Estou morrendo de curiosidade sobre esse livro, gosto do gênero erótico exatamente da forma que você que disse, com as cenas Hots sem nada muito exagerado e tudo muito sensual mais sem esquecer da história por trás de todos apelo sexual.
    Tem que haver um contexto e através da sua resenha percebi que irei adorar e me divertir muito!!
    Espero ter a oportunidade de ler em breve!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Ainnnn o safado do 105!!!!! Eu amei esse livro!!!!
    Conheci o livro melhor com uma resenha da Dressa e gostei, aí encontrei ele na Bienal numa promoção, comecei a ler no dia mesmo e tb levei 3 dias. Acho que a capa/nome do livro é um pouco injusta com o livro, por assim dizer. Parece que ele é só um livro erótico, mas ele ta longe de ser SÓ isso né? A história dele é ótima! O Calvin é ótimo!!! O suspense com o nome dele é ótimo tb, eu ficava super curiosa com isso kkkkkkk e tb ri muito com algumas cenas. Lembro que qnd ela derruba ele sem querer naquele jardim no inicio do livro eu dei uma gargalhada daquelas kkkkkkk. Enfim, adorei mega esse livro, Bru!!! ;)

    ResponderExcluir
  10. Olá!!
    Já me decepcionei muito com o gênero, mais sei que cada autor escreve de uma forma e um certo livro de um gênero que não te agrada tanto pode te surpreender, esse livro não me interessou tanto, mesmo com sua belíssima resenha não me encantou, mais sei que poderia em algum momento dar uma chance e ler ele, pois não achei tão ruim quanto uns que ando vendo por aí desse gênero!!
    Bjocas

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Ainda não li, mas tenho muita curiosidade de conhecer esse safado..rs
    Já li outro livro da Mila Wander e gostei bastante da escrita dela, e a premissa desse livro é bastante interessante.
    Espero lê-lo em breve.
    Ótima resenha!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Hello Bruna, veja bem o título desse livro, eu moro no 106, espero que meu vizinho do 105 não seja um safado kkkkkkkkk parece ser uma história legal! Chega desses pornozão sem noção que lemos por ai, é por essas e outras que acabo torcendo o nariz, mas a estrutura que Mila cria para esse livro deixa o livro instigante.
    Bjkas

    ResponderExcluir
  13. Olá Bruna! Esse é um gênero que não gosto, são poucos os hot's que existem um diferencial no enredo, só li 3 hot's e gostei apenas de 1 porque a autora soube mesclar bem as partes sensuais com o enredo sem isso. Sua resenha está ótima, mas não gostei da premissa do livro, beijos!

    http://livrosepergaminhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá Bruna!
    Quando vi esse livro na livraria pela primeira vez sorri com o titulo e capa haha Achei bastante interessante. Um New Adult (se assim podemos dizer), que parece ser divertido e que flui bem. Adorei a resenha!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.wordpress.com

    ResponderExcluir
  15. Ola Bruna eu amo esse livro, li no wattpad coisa rara ainda mais com a correria do dia a dia, não resisti e comprei o físico, Raissa e Calvin são perfeitos um para o outro, e gostei da autora não trazer a tona o tão famoso e clichê CEO para a trama, e sim um homem com seus medos e inseguranças. Livro maravilhoso. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  16. Oiiie
    hahahaha hoje em dia ta difícil encontrar livro único, também adoro quando não inventam, uma continuação onde não precisa. Bom, que legal que curtiu a leitura, eu não tenho vontade pois não é meu gênero, e não curti muito o título e a capa, mesmo assim, ótima resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oie!
    Já li algumas coisas a respeito dessa obra e confesso que não consigo sentir interesse pelo gênero, apesar de estar ciente de que a autora conseguiu diferenciar sua história de tantas outras. Esse Calvin me lembrou bastante Charlie Harper pelo fato de ter uma mulher diferente a cada noite e sair cortejando todas as outras. Mas gostei da atitude da personagem ao tentar conquistar o cara. Não é algo que eu leria muito no momento, mas desejo sucesso à autora.

    Beijos,
    Fernanda F. Goulart,
    Império Imaginário.

    ResponderExcluir
  18. Eu já tinha visto a obra no wattpad e quando soube que já tinha na amazon completo não pensei duas vezes e comprei, antes de ser publicado por essa editora kk Não me arrependo porque gostei muito da história e como você acabei me identificando muito com a Raissa, já em relação ao Caio foi um personagem que com o decorrer da leitura foi gostando dele, achei muito bom o final ^^ é um livro pra quem se procura dar boas risadas kk

    ResponderExcluir
  19. Oi Bru, tudo bom?
    Obrigada por ter lido o livro para o blog e fico feliz que tenha sido uma leitura prazerosa. Você sabe que gosto desse gênero e depois da sua resenha fiquei louca para ler esse livro. Já até marquei como desejado no Skoob, quem sabe eu consiga. Além da trama, a fluidez da escrita também chamam minha atenção.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oie
    Eu também li esse livro em pouquíssimo tempo e me identifiquei demais com a Raissa.A relação que os dois constroem é maravilhosa e o amadurecimento do Calvin também é digno de um ótimo personagem.Ri em muitos momentos e aprendi mais Clarice Lispector nesse livro do que na minha vida inteira.Preciso de um vizinho assim Kkkk

    ResponderExcluir
  21. Eu confesso que os livros eróticos sempre me deixam com um pé atrás, porque o sexo sempre vem em primeiro lugar neles. Mas esse acabou me chamando atenção principalmente pela construção das personagens: a protagonista é uma daquelas que realmente me representa, assim como aconteceu contigo, mas o que eu mais achei interessante mesmo é o fato da autora colocar traços bem reais, principalmente no vizinho gostoso, e permitir o amadurecimento dele durante o livro.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, e volte sempre!
Comente, opine! Cometários são sempre bem vindos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...