[Resenha] Amante Renascido (IAN#10) - J.R. Ward


Das sombras da noite em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma furiosa guerra entre vampiros e seus assassinos. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por guerreiros vampiros defensores de sua raça.
Restante da sinopse com spoilers. Leia no skoob.




Título original: Lover Reburn
Série: Irmandade da Adaga Negra#10
Editora/Ano: Universo dos Livros/2012
Categoria: fantasia urbana, adulto, sobrenatural
Nota: 4/5
+18


Hora de dar sequência as resenhas da série Irmandade da Adaga Negra, de J. R. Ward. Essa é uma série sobrenatural de fantasia urbana, para adultos e cheia de ação, romance, sensualidade e pancadaria! \o/. Amante Renascido é o 10º livro da série, e quando a conheci, ele tinha acabado de ser lançado nos EUA, por isso li em inglês, já que não tenho paciência de esperar o lançamento nacional. Só agora li nossa versão, ela primeira vez.


Para evitar spoilers, essa resenha será dividida em duas partes. Na primeira, falarei mais sobre minhas impressões sobre o livro. A segunda parte contém spoilers da série, mas não do livro, e recomendo que seja lida apenas por quem leu o livro até o oitavo livro. Beleza?

Vamos lá.

Parte 1 - Sem spoilers

Amante Renascido narra a história do guerreiro da Irmandade da Adaga Negra, Tohr, o mais antigo Irmão da composição atual. Tohr está na irmandade a mais de trezentos anos, desde a época do antigo rei dos vampiros, pai do atual. Ele é um homem forte, corajoso e implacável na luta contra os inimigos da raça. Porém, uma terrível perda o tornou quase um morto-vivo, alguém que não vive de verdade, apenas existe em meio a dor e sofrimento, o que não o impede de continuar sendo um tremendo guerreiro.

Esse livro trouxe algumas mudanças importantes na série. A entrada de um novo grupo de guerreiros vampiros questionando o poder e competência do Rei inciam um processo de revolução e insurreição. Desta forma, Amante Renascido foi um livro que trouxe vários focos, mas não se perdeu, pois tudo estava relacionado e afetaram diretamente a estrutura da sociedade vampira. Mas não pensem que por isso deixamos de ter nosso casal principal lá, firme e forte, levando um relacionamento a trancos e barrancos.

Como já é comum a série,  livro está recheado de ação e cenas de lutas. Porém, também foi um livro mais político, ao mostrar as engrenagens político-sociais e os jogos de poder se movimentando, e isso foi demais! Sério, me apaixonei ainda mais pela série, com essas mudanças que estão acontecendo. Além da ação, aventura e luta, o livro tem revelações, romance, cenas hots (super hots mesmo!), e palavrão adoidado. Quem já leu Ward, sabe como é o esquema, *-*. E houve alguns acontecimentos muito importantes, envolvendo Qhuinn, já preparando para o próximo livro, que será protagonizado por ele.

Só um parênteses, agora. Lembram que eu critiquei um erro de continuidade de cronologia na última resenha da série, do livro 9, Amante Libertada? Bom, esse erro se torna mais evidente aqui, porque Amante Renascido (10º livro da série) é continuação direta e praticamente imediata de Amante Meu (8º livro), o que torna o nono livro algo quase perdido no espaço, kkkk.

A diagramação da Universo dos Livros está muito bem feita, o livro conta com páginas amareladas e letra de um tamanho confortável para leitura, o que é importante, uma vez que tem mais de 600 páginas. Porém, não gostei dessa capa, além de achar feia, os modelos não combinaram com os protagonistas.

Enfim, esse foi um ótimo livro, perfeito na parte geral e política da sociedade. Perfeito nas partes que envolviam o Rei e a irmandade como uma unidade. Mas que perdeu uma estrelinha por causa de uma trama específica, e por um ponto da condução do casal principal, que abordarei abaixo, na parte para Leitores da série.


Parte 2 - Contém spoilers da série
Apenas para quem leu até o 8º livro da série


Quase dois anos se passaram desde a morte de Welsie, a amada companheira de Tohr, que estava grávida do primeiro filho do casal, e ele não se recuperou nem um pouco. Se recusando a se alimentar de sangue (os vampiros da série precisam se alimentar do sangue de outros vampiros do sexo oposto), ele está cada vez mais magro e fraco, e apesar de lutar todas as noites, não consegue realmente viver. Quase três séculos atrás, ele ajudou no resgate de uma dama da aristocracia vampira, que volta a sua vida agora, mas atendendo pelo nome de No'One. Logo fica óbvio que os dois formaram um casal, mas a forma como isso aconteceu me incomodou um pouco.

A autora criou uma situação em que para salvar a alma de sua falecida esposa, Tohr deveria aprender a seguir enfrente, e isso implicava um novo relacionamento. Acho que o livro foi quase perfeito, e a forma como mostrou a dor e o sofrimento de Tohr foi sensacional. Sério, sofri demais com ele, acho que seu processo de luto foi perfeito! E esse é o livro que tem a maior passagem de tempo da série, retratando um período de um ano. As cenas finais do foram de partir o coração e arrancar lágrimas dos leitores. Perfeito mesmo! Porém, e aqui temos um grande Porém, eu queria que ele tivesse "seguido em frente" de forma mais natural, e menos como uma imposição. A forma como ele foi “obrigado” a se envolver com No'One não foi legal, para nenhum dos dois, até porque, eles se sentiam  atraídos um pelo outro, e creio que teriam se envolvido naturalmente, se fosse dado tempo ao tempo.

Bom, eu não gostei muito de algumas coisas na condução do relacionamento de Tohr e No'One, porém isso não me faria tirar uma estrela do livro. O que fez isso foi a trama paralela envolvendo John Mathew e Xhex. Tipo, os dois protagonizaram o livro 8, ou seja, dois livros atrás! Tiveram seu 'felizes para sempre', e agora, duas semanas após (sim, passaram apenas 2 semanas entre o final do 8 e início do 10), eles tem uma big crise no relacionamento por pura e simples palhaçada e infantilidade do John! Eu já disse e repito agora, que uma mulher forte e fodona como a Xhex merecia um homem mais maduro que o JM, que em muitos ângulos é pouco mais que um adolescente metido a grande macho. Fazer o que? Só sofrer.

Bom, pessoal, é isso!

Espero que tenham gostado, e quem não leu a série, leia! É boa demais!!!

Beijos



Resenhas da série
11 Lover at last (resenha a partir do livro em inglês)
12 The king (resenha do livro em inglês)


.

38 comentários

  1. Eu quero muito ler essa saga, mas são muitos livros gente! SOS!
    Quando arrumar um tempo, vou dar uma lida! Pois parece ser bem interessante.

    ResponderExcluir
  2. Apesar de estar fora dos meus planos começar essa série, admito que pelas resenhas, esse volume foi o que mais me deixou curiosa. O modo como a autora abordou a política entre os vampiros e as mudanças que isso pode acarretar na série, além de outras coisas que se entrelaçam e se complementam, é bem interessante.
    Ao que parece, o nono volume da série poderia ser pulado pelo visto, já que não completa os demais volumes.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Olá, Bruna.
    Essa série geralmente não enche os meus olhos, porém, dessa vez, esse livro em especial me chamou a atenção. Isso se dá por causa dos aspectos políticos mencionados por você. Gosto quando a obra aborda esse lado.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de dezembro. Serão dois vencedores!

    ResponderExcluir
  4. Sou apaixonada pela série Irmandade da adaga negra <3

    Mais ainda não cheguei no Amante renascido e estou para ler o oitavo ainda, então li só a primeira parte da resenha sem o spoiler kk

    Vou pular alguns livros para continuar a ler a série e esse livro do Tohr é um dos que mais queria ler, e como você não gostei da capa também não ~serio esse modelo não fico em um pouco legal de todas as capas essa é a que eu menos gostei.

    ResponderExcluir
  5. Esta série parece ser bem bacana. Até que deu vontade de acompanhar. Tantos livros, ein!? Hehe. Livros adultos, maduros com ação e pancadaria. Você usou palavras que despertaram grande curiosidade em mim rsrrs.
    Abraço, www.likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Melhor série de vampiros de todas, pelo menos pra mim, rsrsrs. Já li até Amante Libertada e amei cada um. Dos irmãos o Thor foi o que menos me empolgou achava ele muito chato, mas espero mudar de opinião depois desse livro, sem contar que achei tão injusto o que aconteceu com a Welsie, eles eram tão felizes... Ela não merecia oque aconteceu mas entendo que se não fosse por isso o Tohr não teria um livro só dele. Também gosto da maneira que Ward trabalha, intercalando várias estórias de outros personagens ao mesmo tempo, deixando a leitura mais interessante.
    Não vejo a hora de comprar o meu e depois partir pro livro do Qhuinn...

    ResponderExcluir
  7. oláaa! eu sempre quis ler essa série de livros, eu gosto bastante do gênero, porém a quantidade dos volumes me desencorajam demais a lê-los, são tantos os volumes que me desanimam, porém/contudo/todavia quem sabe eu não tomo coragem e enfim começo a ler essa série?

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Eu acompanho essa série e adoro é uma das minhas preferidas. Realmente o sofrimento do Tohr foi muito comovente e triste, também passar por uma perda daqueles não é fácil pra ninguém. Também acho que o John é imaturo para a Xhex, precisava dar uma amadurecida.

    ResponderExcluir
  10. A série tem 12 livros isso?! Eu ainda pretendo ler essa saga! Só não começo agora porque prefiro.esperar que todos os livros já estejam lançados no Brasil! Eu fici muito angustiada quando começo a ler e tenho que esperar o próximo lançamento! E como fugi do inglês! Rsrs
    Um abraço flor!
    camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  11. Geente, só eu que não curto séries? Principalmente aquelas que estão sendo lançadas ainda, não tenho paciência para esperar lançar e tenho medo da editora parar de traduzir, o que já aconteceu comigo. Então prefiro séries com poucos livros e que de preferencia já tenha tudo lançado bonitinho hsusushus.
    Ouvi bastante coisas positivas dessa série mais a capa não chama muito atenção e eu não gosto muito dessas coisas de vampiro e guerreiros, acho que a minha praia é romance mesmo.
    Achei bem bacana a sua consideração em fazer duas partes da resenha, assim pra quem ainda não leu a série não ver nenhum spoiler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá Bru, vc está me convencendo a conhecer essa série, mas pelo tamanho ainda não me aventurei, mas os elementos que ele tem são o que me deixa instigada a conhecer. Os personagens parecem bem aprofundados, vampiros e guerreiros nessa trama é bem convidativo. Voce podia morar mais perto para me emprestar os livros kkkk Bjkas

    ResponderExcluir
  13. Oi, Bruna
    Se por um lado essa parte cheia de lutas não me agradariam tanto, gostei de conter aspectos políticos. Geralmente me interesso por livros assim.
    Legal você dividir assim, pelo menos está avisado para quem quiser ler..rs

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá Bruna!
    Uau que série enorme haha Adoro coisas sobrenaturais e de vampiros. Ainda mais com um toque de romance e mais hot. Fiquei bastante intrigada. Adorei o post!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.wordpress.com

    ResponderExcluir
  15. Não conhecia muito bem essa série, mas lendo um pouco mais sobre o 10° livro da série, na sua resenha, fiquei super curiosa, e pretendo começar a ler a série Irmandade da Adaga Negra, faz meu estilo de leitura, e acredito que irei gostar muito da história.

    ResponderExcluir
  16. Li somente a parte sem spoilers, pois tenho interesse em ler essa série, rs. Gostei bastante da resenha ter sido dividida, assim as surpresas ficam intactas. Ah uma pena que a autora tenha se perdido na cronologia de um ponto em especial, se isso acontece quando a série é pequena, imagina com dez livros! Mas compreendo suas ressalvas, ainda pretendo ler, espero gostar!

    http://www.daimaginacaoaescrita.com/

    ResponderExcluir
  17. Eu juro que me empolgo sempre que vejo uma resenha sua sobre algum livro essa série, mas ela é tão grande que eu acabo deixando para depois por medo de me viciar e só querer ler os livros dela kkkkkkkkkk Mais uma vez parece ser uma narrativa impecável e cheio de reviravoltas, o que muito me agrada. Um dia eu leio, tenho fé. kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  18. Ola Bruna li somente a primeira parte pois só li o primeiro livro da série, preciso correr eu sei, e fico feliz que o livro te agradou mesmo com algumas mudanças. eu adoro a escrita da autora e como não se encantar pelos protagonista hein rss. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  19. oiiii..
    li so a primeira parte....nao li ainda por ser demenor...mas a Paola Aleksandra fala muito bem dessa serie...amo vampiros e luta guerra e tudo mais....mas por ser uma serie grande nao se torna cansativa???isso que eu queria saber....bom e isso .....bjss...

    ResponderExcluir
  20. Oiiie
    Sempre ouço falar dessa série mas não curto o gênero e não tenho vontade de ler, sua resenha ficou ótima e vou indicar para algumas amigas

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Essa série é mesmo enorme, mas todos que tiveram a oportunidade de ler elogiam.
    Queria elogiar sua decisão de dividir a resenha, assim quem ainda não leu não corre o risco de pegar alguma informação que tiraria sua surpresa ao ler.
    Quando você falou que nesse livro/série podemos encontrar: Ação, aventura, luta, revelações, romance, cenas Hots e muito mais fiquei curiosa demais!!! Só não curti muito essa questão dos palavrões, não gosto =/ =(
    De um forma geral foi ótimo saber sua opinião sobre mais um livro dessa série.

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  22. UAU, a série é muito longa :o
    Eu não teria paciência pra ler, até porque não curti a trama, olha... eu não leria em português, que dirá em inglês... xD legal vc ter dividido a resenha por partes, pq tem gente sem noção que tasca spoiler nas resenhas sem nem ao menos avisar =T

    ResponderExcluir
  23. Ai fia, eu tenho tantos livros que eu quero e preciso ler, que nem sei qdo vou terminar a série Irmandade da Adaga Negra!
    Amo mtooo a série, mas ela precisa de dedicação, livros mto grossinhos ne?! hehe...
    Parei no livro 6 e esse 10 obvio que nao li, mas que bom que vc deu nota alta, ja me anima.
    Vou reparar nesse erro de cronologia qdo eu for ler os livros e gostei de saber que nesse há mais o jogo político, ao mostrando mais as engrenagens político-sociais...
    Vou ler com certeza.
    Beijos

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  24. Oi Bru, tudo bem??
    Confesso que li sua resenha até a primeira parte, porque li somente o primeiro livro e adorei e pretendo continuar a leitura da série no ano que vem e em intervalos curtos, por isso não quero pegar os spoiler e adorei você ter dividido isso... fiquei preocupada com a questão do desvio de continuidade, será que vou perceber?? Não sei, porque entender a história é uma coisa e não perceber algumas coisas... adorei saber que a série continua praticamente na mesma vibe do primeiros livro, pois eu curti demais a escrita... xero!!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Já tinha visto esta série num vídeo de bookshelf tour uma vez e pesquisei sobre. Infelizmente, não me interessou muito o assunto tratado, e também por serem muitos livros, eu fico meia desanimada hahaha
    Gostei de você ter dividido em com spoiler/sem spoiler, porque é horrível pegar aqueles spoilers que mudam tuuuudo e até te desanimam de ler! Eu que o diga :/
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Oi Bruna, eu amo a serie irmandade da adaga negra o meu favoritos dos vampiros é o Wrath esse livro também e maravilhoso como sempre a J.R Ward escreve estorias maravilhosas bjs.

    ResponderExcluir
  27. Sou louca para ler essa série, mas ela é tão grande que sempre deixo para depois. Vejo sempre muitos elogios sobre esse livro e adoro o gênero no qual ele está inserido. Sem contar que ação, aventura, romance e hot em uma mesma história deve ser demais.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  28. Oi Bru, tudo bom?
    Você foi a pessoa que me convenceu a olhar essa série com outros olhos. Sempre tenho um pé atrás com vampiros, mas essa história tem tanta força que é impossível não sentir vontade de conhecer as narrativas. Esse livro chamou minha atenção por causa do âmbito político.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Uuuu sobrenatural! Não li essa série ainda, na verdade não me lembro de ter ouvido falar dela, mas achei bem legal a resenha (não li a parte dos spoilers porque vai que eu animo e leio, ne?!). Pra ter recebido 4/5 e ter tantos livros assim deve ser boa mesmo.
    Blog em construção: http://viciodeumaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  30. Oi Bruna,
    Ainda não comecei a ler essa série, mas um dos itens do desafio literário que estou fazendo para o ano que vem é iniciar uma série que está na minha lista já faz um tempo. Então, essa resenha me deixou ainda mais ansiosa pra começar a ler logo a Irmandade da Adaga Negra.
    Adorei a sua consideração de dividir a resenha em duas partes, como eu ainda não li nenhum livro, não corri o risco de ver spoiler que tiraria a surpresa ao ler. Vejo muitos elogios sobre essa série, por serem livros com romance sobrenatural adulto, repleto de ação, suspense, aventura e cenas hots. Esse livro parece ser bem interessante, por trazer além disso, revelações que prometem mudanças importantes na série e por abordar temas políticos. Estou louca pra conhecer esse grupo de vampiros guerreiros!
    Beijos

    ResponderExcluir
  31. já conhecia essa serie porem ainda não li..ansiosa para conhecer esses vampiros ;) essa serie é enorme,né? adorooooo

    ResponderExcluir
  32. Não conheço a série de livros e por isso voei um pouco na história dos personagens e da irmandade. Porém como sou uma fã de carteirinha dos vampiros vou procurar saber melhor da saga dos livros. Parece ser uma saga boa, apesar de você ter apontado um problema de continuidade no 9º livro, e curti bastante o fato de ter romance, jogos políticos e cenas de lutas.

    ResponderExcluir
  33. Não conhecia os livros, mas a estória parece ser muito boa. Eu curto bastante esse tipo de livro.

    ResponderExcluir
  34. Oi Bruna, tudo bem?

    Toda vez que eu leio uma resenha sua sobre esta série eu fico animada para começar a ler, mas quando lembro a quantidade de livros que ela tem eu desanimo de novo. Já foi o tempo em que eu conseguia acompanhar série tão grande. Hoje em dia eu perco o foco e esqueço do começo da série na metade rsrs.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  35. Oi, Bruna!
    Gosto bastante de livros que envolvem vampiros mas não tenho muita paciência para séries, principalmente pq fico ansiosa e tenho vontade de ler tudo de uma vez rs e ler em inglês está meio fora do meu alcance. Gostei do desenrolar da história e talvez eu leia no futuro (quando todos, ou praticamente todos os livros estejam lançados).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não li a parte que contém spoilers já que a série não está descartada de possíveis leituras. beijooo

      Excluir
  36. Oi!
    Queria muito ler a série Irmandade da Adaga Negra, achei a historia muito interessante e diferente mas o que me desanima e que a serie é muito grande e acabo não pegando para ler, mais quero pelo menos ler o primeiro livro da serie !!

    ResponderExcluir
  37. Gente, não conhecia essa série, caraca, que longa! Não sei se lerei, é muito livro para adquirir, só se encontrar na biblioteca. Mas parece ser muito boa, juntando vários elementos legais. Acho legal quando os livros trazem um "Q" mais político, como tb fez jogos vorazes, ao questionar o sistema.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, e volte sempre!
Comente, opine! Cometários são sempre bem vindos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...